O Bom Manual do Monge Discordiano

Texto encontrado no norte da China. É uma longa história.

Primeiro

Salve Éris, aqueles que vão te saúdam.
Casa caiu pra gente, não reze, mudam.
Esse texto não é em poesia, como escutam.

Ele é em prosa muito bem prosada. Este é o primeiro mandamento. Não faça da poesia prosa, nem da prosa poesia, mas mantenha o ritmo.

Segundo

Esse texto é falso. Nada aqui funciona de verdade. Ainda assim ele é verdadeiro, cacete!

Este é o segundo mandamento. Não confie em peixe que não nada, nem em água que não molha.

Terceiro

Não leia o Principia Discordia. Se você já leu, desleia: de trás para a frente.

Este é o terceiro mandamento. O que é verdadeiro em Éris, é verdadeiro no mundo. O que é falso em Éris é verdadeiro no mundo. O que a gente não sabe a gente não bebe.

Quarto

Vá a um hoje. Leve uma garota.

Este é o quarto mandamento. Quando você é o penúltimo, seja o último. Leve um vinho. Ou você quer um vendaval?

Cinco

Toneladas de linho. Seja um Bom Monge, mantenha suas carroças com boa manutenção. Você não vai querer carregar $0.23 dólares & uma 7 Belo sozinho. Então mantenha este texto com o título em negrito, mesmo partes suas, não esqueça das iniciais maiúsculas, com excessão do do. Isto não é uma piada.

Este é o quinto mandamento. Não há quinto mandamento.

Infelizmente o resto do texto foi destruído em uma guerra qualquer.

Anúncios
Esse post foi publicado em meta-discordianismo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s