:::

No princípio havia o NADA e o NADA era tudo que havia. Então, de um modo misterioso e secreto, houve o princípio de uma VONTADE e uma CONSCIÊNCIA surgiu dentre o MAR DE NADA.

Esta consciência após surgir foi se DENSIFICANDO e acabou por EXISTIR “NONADA“. E ESTAVA SÓ. E TINHA PODERES ALI. Um deles era fazer o que quisesse com a força de seu pensamento. Podia também se mover em qualquer velocidade dentro “DONADA“.

É bom observar que com o seu surgimento em forma densa, o nada ganhou uma divisão de planos: Havia agora um chão que o ser, densificado, pisava.

Após um certo MOMENTO, A FORÇA desta CONSCIÊNCIA parou para OBSERVAR algo que SURGIU também “NONADA”: UM CUBO, pairando no ar, acima do nível do chão. O SER ficou ENCANTADO com o CUBO. E DECIDIU ENTRAR NELE. Ao simplesmente QUERER entrar no cubo, já se viu dentro, pois o seu pensamento era pura ação.

Ao Entrar no cubo, o ser notou que estava num ponto mediano do mesmo, suspenso apenas por uma placa de metal, do tamanho de um piso, que calçava seus pés, suspensos em altura mediana, dentro do cubo. O ser olhou para trás e viu que havia uma porta fechada em suas costas. Após observar a porta e a placa que dava para ele chão dentro do cubo, olhou para frente e viu uma outra porta, exatamente na extremidade oposta de onde estava. Ao ver essa porta, instintivamente o ser pensou: “É lá que devo chegar”.

O Cubo estava totalmente vazio, com excessão apenas destes elementos citados anteriormente. O ambiente se parecia com ar-condicionado, bem limpo e sereno. O ser notou que dentro do cubo, havia perdido todos os seus poderes que tinha quando habitava o nada.

Uma PONTE começou a se formar de placas de metal, placa por placa, abrindo o caminho de uma PORTA À OUTRA, que por lógica, se aberta, faria com que o ser voltasse ao nada e recuperasse seus poderes. Ao ver a ponte totalmente formada dentro do cubo, em altura mediana, o ser começou a andar rumo à outra porta.

No meio do caminho, o cubo EXPLODIU EM CHAMAS. Houve uma explosão repentina e tudo dentro do cubo começou a pegar FOGO. O ser se assustou com a explosão e ao olhar para trás, percebeu que a ponte se dissolvia no fogo, placa por placa, sendo destruída pouco a pouco. O ser se espantou. Começou a correr rumo à porta.

Quando estava chegando na porta, a ponte se dissolveu completamente e ele caiu no abismo de chamas que havia se formado dentro do cubo.

Uma CRUZ DE BRONZE foi erguida com o ser CRUCIFICADO. Então tudo ficava NEGRO, como quando alguém fecha os olhos e o mundo some. Logo após o período no escuro total e completo, TUDO COMEÇAVA NOVAMENTE DO MESMO JEITO ANTERIOR. Essa história se repete SETE VEZES.

Continua aqui

:::

HihiSlackronedianos Aanidi Freaks Mutantes, uni-vos!

E você perguntaria: “por que eu faria isso?”

E eu respondo: “boa pergunta”

e emendo com outra pergunta: “por que não?”

:::

Companheiros, desde o fim da presença potente do Macaco Tião, a representatividade política brasileira desfalece. Não se iludam! A falência é internacional. As estratégias da contracultura ficaram água abaixo e o movimento esquerdista se aliou ao Caracinza, inimigo declarado no Princípia Discórdia, se aliando aos alicerces que visava destruir.

Com a finalidade expressa de fazer piada em forma de política e política em forma de piada, de atravessar o groucho-marxismo e situar-se junto ao anarquismo zen-discordiano, eis que tomou forma em 02 de outubro de 2005 o P.I.P.A.: Partido Internacional Parrachiano A(Narco)ZenDiscordiano.

O PIPA iniciou sua atuação política com as des-candidaturas de Timóteo Pinto, Fernando Rivelino, Geo Abreu, vereadora Pagu e Madame Lily. Com distintos mandados e planos de desgoverno, os excelentíssimos membros do PIPA, defenderam da infantocracia até a sexualidade radical da terceira idade. Contra um mundo regulado pela ordem, o delírio e a insubmissão pueril. O sexo e não a sexualidade. As multiplas realidades e não o haldol!

Ativistas do multiverso e adeptos da transliteração: Filiem-se ao P.I.P.A.! ::: O Partido da Hermenêutica Delirante

A filiação é gratuita e o amor universal.

A PIPA VAI VOAR!

:::

Aaní ::: Caos Mimetizado :::

por Zoenous (zoenousarrobayahoo.com.br)

O quê?

Aaní é uma palavra de origem Tupi, que significa “Não, Nada”. É equivalente à palavra grega Xáos (Caos), de mesmo significado. O conceito de Caos foi corrompido pelo tempo e pela ignorância, pelo moralismo e pela resposta que a “Realidade Consensual” deu a movimentos como o Anarquismo de Bakunin, transformando este conceito em sinônimo de “desordem”. Hoje, sabe-se através da Ciência Quântica que o Caos não é desordem, baderna ou arruaça, mas refere-se à impreditabilidade do espaço vazio primordial. Caos, Aaní, não pode ser definido, pois fazê-lo seria negá-lo. Entretanto, o mais próximo que podemos chegar de sua equivalência abstrata é considerá-lo como sendo a vastidão interminável de possibilidades que permeia o Cosmos. Nós estamos, inegavelmente, dentro desta “qualquer coisa em potencial” e ela está dentro de nós.

O objetivo desse Movimento, Projeto, Aglomeração, Reduto, Façanha, Acepção Ruim, ou qualquer outra palavra que possa definir essa coisa que achamos por bem nomear Aaní é justamente explorar, difundir, criar, destruir e re-criar estes conceitos e aplicá-los nas áreas das Artes Plásticas, Literatura, Música, Jornalismo, Tecnologia da Informação, Sociologia, Antropologia, Psicologia, Mitologia, Expressão Religiosa e outros campos que possam surgir no meio do caminho.

Para quê?

Para quê Alexandre, O Grande, saiu globalizando a Macedônia, o Oriente Médio e o Mundo de sua época? Para quê as Feministas se organizaram no final do século passado visando direitos iguais aos dos homens? Para quê Aleister Crowley revolucionou a cena ocultista da Inglaterra e do resto do Ocidente no início do século XX? Para quê derrubaram a Ditadura? Para quê tiraram o Collor? Para quê puseram o Lula? Para quê vão tirar o Lula? Para quê foram criados o Rock n’ Roll, o movimento Punk e o Hip Hop? Para quê o Dadaísmo, os Beats, a Generation Jones, os Kings Mob, os Góticos, neo-Góticos, Clubbers, Cybers, Caoístas, Discordianistas, Grungers, Head-bangers, Backpackers (hitchhickers, mochileiros), Body Modificators (tatuagem, piercing, cirurgia cosmética, implantes), Freegans, Vegans, Greens, Wiccanos, Seiðmaðr e Völva (Asatrüar, Seiðr, neo-Paganismo Nórdico), New Agers, Geeks, Freaks, Ravers, Graffiti, Pachucos, Nerds, Otherkins (Vampiros, Lobisomens e antropomorfos), Thelemitas, Ateístas e todas as outras subculturas? Pra quê? Responda a estas perguntas e esta será a resposta de “Para quê um movimento como o Aaní?”

Por que?

Porque o ser humano muda. E se esta mudança demora a sair naturalmente, ela pode ser provocada. Muitas pessoas reclamam da violência, do descaso com o meio ambiente, da falta de liberdade, da libertinagem alheia, da corrupção do governo, da apatia da arte contemporânea, da falta de oportunidade, da elitização econômica do conhecimento e da informação, e não conseguem nem podem fazer nada sozinhos. Porque a Política, a Moral, a Ética, a escala de Liberdade, a Justiça, a Crença, a Aceitação ou Rejeição de idéias e ideais de um povo, são todas determinadas pela sua Cultura Dominante. É impossível, ou pelo menos muito difícil, conseguir que estes resultados (Política, Crença, etc.) de processos culturais sintetizados sejam alterados, sem antes alterar base estrutural destes processos, ou seja: A Cultura.

É ela que determina e regula o comportamento, o vestuário, a expressão artística, a religião, as leis, a forma de governo, a produção e transmissão (ou bloqueio) da informação, o que pode e o que não pode. À medida que estas Culturas Dominantes, com o tempo, passam a aceitar melhor as cenas de nudez no cinema; a linguagem explícita em público; permitir que mulheres votem, dirijam e trabalhem; que os homossexuais troquem carícias em público; que uma menina de quinze anos espalhe que é bruxa sem ser queimada; que pessoas se tatuem, coloquem piercings e silicone na testa; que homens se maquiem; que top models engravidem de jogadores de futebol, ou de um rock star, para fatiar sua fortuna e serem convidadas a apresentar programas de TV; E outros tabús vão sendo quebrados, os movimentos de contracultura, originados por subculturas, vão sendo absorvidos por essas Culturas Dominantes, permitindo que novas subculturas surjam para substituir suas precursoras. Até que, um dia, estas subculturas (agora parte da Cultura Dominante) se tornem obsoletas e sejam alteradas pelo mesmo processo que recomeça. O Aaní existe porque sabe que, e quer que, cedo ou tarde, estas subculturas se hibridizem e se permitam trocar informações, expandir sua atuação e aceitação, para que novas subculturas apareçam.

Como?

Através dos memes. Meme é um termo, cunhado em 1976 por Richard Dawkins no seu bestseller “O Gene Egoísta”, que é para a memória o análogo do gene na genética: a sua unidade mínima. É considerado como uma unidade de informação que se multiplica (é transmitida) de cérebro em cérebro, ou entre locais onde a informação é armazenada, e outros locais de armazenamento ou cérebros. O meme é considerado uma unidade de evolução cultural que pode, de alguma forma, auto-propagar-se. Podem ser idéias ou partes de idéias, línguas, gírias, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autônoma. O que determina a sua auto-propagação é a facilidade com que é absorvido e propagado, bem como sua habilidade de transmutar.

Exemplos claros de memes são Celulares, Mp3 Players, I-Pods, I-Phones, Tamagoshis (Lembra? Rs), Grampeadores, Slogans Publicitários, Refrões de música ruim (que não saem da cabeça), ou Jingles de Comercial (Dolly, Dolly Guaraná, Dolly), Mulher com pouca roupa em comercial de cerveja, “56, meu nome é Enéas” e “Lula-lá”, “Deus é Grande” e “Jesus é Fiel”, “Vuco-vuco”, “Merry Meet, Merry Part and Merry Meet Again”, “Faze o que tu queres, há de ser tudo da Lei”, “Nada é Verdadeiro, Tudo é Permitido”, Piadas, Provérbios e Aforismos, Metáforas, Fórmulas para decorar a tabela periódica e equações físicas em Cursinhos Pré-vestibulares, marcas e estilos de roupas, Paródias, Trocadilhos, Frases de duplo sentido, Colocar A Primeira Letra de Cada Palavra em Maiúscula para Denotar Importância, TRAVAR O CAPS LOCK PARA GRITAR COM LETRAS, spam, lixo eletrônico, forward de Power Point, Livros, imã de geladeira, canções de ninar, et cetera. Fenômenos como o Orkut, My space, Yahoo Grupos, Skype, Wikis, Subculturas, Religiões, Teorias Políticas, Lan Houses e Danceterias são chamados memeplexos (conjuntos, complexos de memes). O conceito do Memeplexo é semelhante ao do Paradigma, forjado por Thomas Kuhn e colocado em prática por Peter Carroll. A singular diferença entre Paradigma e Memeplexo é que, enquanto o primeiro pode ser criado por um indivíduo sem nunca ser transmitido, o segundo carece da transmissão.

O estudo dos modelos evolutivos da transferência de informação é conhecido como memética. Esses modelos evolutivos sofrem variações, em que uma idéia ou meme muda conforme é transferido de uma pessoa para outra. Poucos memes mostram uma forte Inércia Memética (que seria a característica do meme de ser expressado do mesmo jeito, e de ter o mesmo impacto, independentemente de quem esteja recebendo ou transmitindo a idéia, e permanecer na memória de seu propagador). A variação memética cresce quando o meme é transmitido de uma maneira descuidada com a expressão da idéia, enquanto a inércia memética é fortalecida quando a forma de expressão rima ou usa outros dispositivos mnemônicos para preservar a memória do meme antes de sua transmissão.

Uma mnemônica é um auxiliar de memória. São, tipicamente, verbais, e utilizados para memorizar listas ou fórmulas, e baseiam-se em formas simples de memorizar maiores construções, baseados no princípio de que a mente humana tem mais facilidade de memorizar dados quando estes são associados a informação pessoal, espacial ou de caráter relativamente importante, do que dados organizados de forma não sugestiva (para o indivíduo) ou sem significado aparente. Porém, estas seqüências têm que fazer algum sentido, ou serão igualmente difíceis de memorizar (por exemplo, usar os ossos dos punhos cerrados para lembrar qual mês contém 30 ou 31 dias – ossos são 31, vãos entre eles são 30). Produzir e controlar a forma de um meme, sua propagação e interação com outros memes e memeplexos é produzir níveis de alteração da realidade e, com certas limitações, controlá-la.

Quem?

Estão convidados a participar e se auto-intitular Aanidi (tupi com plural em latim, para evitar o trocadilho com Aanitas e “Presença de Anita” – se bem que, informando o motivo, já fodeu tudo), Aanidum no singular, todos aqueles que integram subculturas, ou nenhuma delas, mas rejeitam a Cultura Dominante.

São eles: Caoístas (chaotes, caos magistas, rabanetes, zees etc.); Cybers; Artistas incompreendidos; Atores alternativos; Jornalistas sem hobby; Bandas não comerciais; DJs; GLS; Afrocentristas; Feministas; Dadaístas; Beatniks; neo-Góticos; neo-Hippies; Neuromantes; Psiconautas; Discordianistas; Body Modificators (tatuados e tatuadores, piercers e piercingados, cirurgia cosmética, implantes); Vegans; Wiccanos; neo-Pagãos em geral; New Agers; Geeks; Freaks; Ravers; Graffiteiros; Nerds; Otherkins (Demônios, Vampiros, Lobisomens e antropomorfos); Thelemitas; Zos Kia Cultistas; Ateístas; Agnósticos; Henoteístas; Suiteístas; Magos independentes; Spammers; Cegos, Surdos e Mudos; Publicitários Falidos (exceto Marcos Valério e Duda Mendonça); Macumbeiros; Ciganos; Índios; Brancos; Não-tão-brancos; Negros; Pardos; MSC (Movimento sem Cor); Roxos sem quota em faculdade; Tantristas; Cabal… não, cabalistas não; Proletariados; Místicos não-ortodoxos; Hindús; Pragmatas; Straight Edges; neo-Punks; BDSM (Bondage/Disciplina, Dominação/Submissão, Sado/Masoquismo) Green pacifistas; Nudistas; Urbanóides; Portadores de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC); Bichos-estranhos; et cetera, et cetera, et cetera. Se você não está supracitado, mas se considera minoria, significa que você é mais minoria ainda, e que isso é muito bom.

Toda crença, cultura, preferência política, preferência sexual, estilo de vida, e diferenças de traços que chamam de raças são igualmente idiotas. Se você não enxerga isso, significa que é preconceituoso. Ou Cabalista. Deixa pra lá esse negócio de Cabalista. A questão é que as diferenças podem (e deveriam) ser respeitadas, toleradas e, inclusive, louvadas. Além disso, se você se deixa ofender por uma crítica à sua crença, cultura, preferência política, preferência sexual, estilo de vida, e diferenças de traços que chamam de raças, significa que essa crítica de tamanho ridículo é maior que você. Identificação é necessária, sim, mas um baixíssimo nível de identificação é o suficiente para criar uma convivência caótico-pacífica-interessante. Nenhuma crença, cultura, preferência política, preferência sexual, estilo de vida, e diferenças de traços que chamam de raças são melhores do que outras. Quando isso for percebido por 1/3 da população mundial, teremos 1/3 dos Deuses na Terra.

Ø

Projeto Sái do Chão!

Organização das Mutações Unidas – Organizando para DesOrganizar a sua cabeça

Fórum

“Em um nível pessoal, Freaking Out é um processo pelo qual um indivíduo se livra de padrões obsoletos e restritivos de pensamento, moda e etiqueta social de modo a expressar criativamente seu relacionamento com o ambiente próximo e a estrutura social como um todo. (…) Em um nível coletivo, quando qualquer número de ‘Freaks’ se reunir e se expressar criativamente por intermédio de música ou dança, (…) chama-se a isso de freak out. Os participantes, já emancipados de nossa escravidão social nacional, vestidos com seu traje mais inspirado, realizam, como grupo, qualquer potencial que tenham para livre expressão. Nós gostariamos de encorajar qualquer um que ouça essa musica a se juntar a nós (…) Tornar-se membro das Mutações Unidas (…) Freak Out!”

Frank Zappa, 1966.

:::

Compilação de Cultura Freak:

Literatura Freak

Música Freak

Rádio-K-óti-K

Cinema Freak

TV Freak

Religião Freak

blog Religiões Livres

Política Freak

Partido Interestelar Parrachiano Anarcozendiscordiano

Groucho-Marxismo

Filosofia Freak

Manifesto da Filosofia Bozo

Web Freak

LinKaonia

:::

Para mais (des)situações meta-multicabalenses seguem alguns ingredientismos presentes nessa Sopa Delirante Dentro do Cubo das Cabalas da F.A.P.A.:

absurdismo, discordianismo, concordianismo, parrachianismo, realismo, surrealismo, delirismo, erotismo, larismo, delarismo, qualquercoisaismo

:::

Se não for apetecido por nenhum deles, crie sua religião e/ou filosofia agora mesmo e apoie a Fundação Neologismos Para Um Mundo Mais Bonito!

Ainda não se sente inspirado? Então segue alguns exemplos de alguns delírios que estamos delirando e outros que encontramos por aí:

Delírio nas Redes Sociais

:::

tudismocroned arte e fnord network ::: Mergulhe na Confusão, Peixe!:

:::

Outros Delírios, Meta-Fnords e Mapas Hiper-Surrealistas:

F.A.P.A. – Filósofos, Artistas, Palhaços e Alquimistas – Ou qualquer outra sigla que você queira inventar e especular…

Arte, Filosofia, Humor, Vanguardismo Insólito…

Ambicionando rompimento, superação e transformação de ‘realidades’ comodistas e convencionais

Criando uma esfera de metanóias aleatórias, sejam elas antiquadas ou vanguardistas, ou atuais.

Aviso: estamos constantemente recrutando novas pessoas para mais e mais óticas diferentes, ainda sim, unidas. Junte-se conosco, folie a plusiers! Absurdismo e bizarrice, unidos nós venceremos.

De qualquer forma, previamente grato, axé e até!

F.A.P.A. – O que deveria se saber, pensar ou fazer. Ou não…

FAPA

Mais Fapices:

Portal da Discórdia MultiCabalense

…..

Aaní ::: Caos Mimetizado

….

Deliberações, Projetos e ConsPirações do P.I.P.A.

Dentro do Cubo

..

Entre na LinKaonia

.

Le Fórum Absurd

Hipno-Campus Parrachiano

Astro Miau da Discórdia e do Atum

Meu Pai Dançando

Collegivm Pataphysicvm

sonho de olho aberto

casadárvore

:

Em Pop e Impop:

Pós-Música: DVD de grátis de um show ao vivo da Macedusss e As Desajustados Bando

Rádio K-óti-K – só as menos tocadas. ou não

Multi-Mixes e Mashups

::

Em Miscelânea e Etcétera:

Dionisismo

Psicologia Arquetípica

:::

em qualquercoisaismo:

As Sagradas Escrituras do Delariantismo

::: MultiCabala Discordiana Subgeniana Bela-Parrachiana Hihicronediana DeLariantiana dos Shimonianos Metamorfoseanos Ambulantes Muito Confusos :::

Semeai a Biblioteca, a Videoteca, a Galeria e as outras partes do Portal MultiCabalense

:::

Contribua aqui (sem edição – ou quase isso – só não vale Repolhices): https://www.facebook.com/multicabala (pra ficar bonito use um link, ou um vídeo, ou uma imagem no post)

:::

Outras MultiCabalas de delArismo Slackronediano

conjunto de pluri-comunidades para facilitar a criação e destruição de delírios de variável prazo de validade.

– participe do blog tudismocroned. mande seu email para minimalista(arroba)gmail(ponto)com

Invada e bagunçe nosso grupo no Facebook

– Faça sua própria MultiCabala e divulgue aqui e/ou aqui

- Divulgue sua(seu) notícia, imagem, música, filme, vídeo, pintura, ilustração, texto, ensaio, escultura, foto, livro, fnord, blog, feed, página, perfil, site, link (seu ou de outrem), qualquercoisa esquisita (ou não) aanidum `patafísica bulldada pop experimental mainstream underground com foto 23X5 ou outro tamanho fnord aqui, e/ou aqui, e/ou aqui, e/ou aqui, e/ou aqui, e/ou aqui e/ou aqui 

:::

Publicado por: Dark Night | março 2, 2015

Anunnaki – ED12

Anunnaki ed 12

Anunnaki ed 12

Publicado por: Dark Night | março 2, 2015

ASPIRANTE A LOUCURA

DE SHEOGORATH

  1. Claro que agora por permitir que vossa Vontade se exprima em uma insanidade descabida, culpam-me por erros grotesco de imprudentes humanos.
  2. Não há como não dizer pedras em pão de carboidratos.
  3. Caro humano, o não absolutismo destrói o ego que vós construiu.
  4. Não, eu não sei se os cavalos rosas pulam que nem uma saracura louca.
  5. As árvores gritam por oxigênio enquanto você colhe merda do seu cachorro.
  6. Você não tem cachorro? Dog? Hot Dog?
  7. .. Sheogorath permitiu que um dos servos ficasse com o pônei dele.
  8. Éris desleixada e desatenta permitiu a empregada usar o vestido dela e acabou perdendo.
  9. A terra é redonda para pessoas quadradas.
  10. A prosa disso é que não há razão de existência.
  11. Não é temática como nos outros caminhos. Não..
  12. Na verdade é sim: Aspirante a loucura.
  13. Loucura, insanidade e irresponsabilidade são coisas diferentes e separadas apenas na posição, pois a natureza é a mesma.
  14. Eu sou Louco, não insano (na maioria das vezes) e tão pouco irresponsável.
  15. Eu acho assim.
  16. Você perdeu daquele jeito.
  17. Insanidade foi quando eu concebi o Wabbajack à um mero mortal.
  18. Ele era guerreiro, era digno. Mas ele usou de maneira ineficiente depois de usar com certa… Glória.
  19. A aleatoriedade é algo divino (pelo queijo parmesão, eu não canso de dizer isso).
  20. A criação é a espontaneidade cósmica da Vontade.
  21. Me lancem em seus véus de vazio.
  22. Entrei no vácuo atrás de um caminhão só para ouvir Black Sabbath com o nariz.
  23. Vi borboletas rirem enquanto urinavam um pó amarelo.
  24. Colhei-me bebes sangrando o líquido da vida para honrar a união católica que queimou algumas bruxas.
  25. Adoro bruxas.
  26. Alguma Wicca ai? Visite-me aqui no meu recanto em Mania.
  27. Vem até Sheogorath e coma um delicioso queijo mozzarella!

SHEOGORATH – LORD DAÉDRICO DA LOUCURA

PS.: NÃO ACREDITE NESSE HUMANO. NAQUELE LÁ PODE.

Publicado por: Dark Night | fevereiro 24, 2015

Conversa com Sheogorath – O Livro Daédrico

LIVRO DAÉDRICO

UMA CONVERSA COM SHEOGORATH

  1. Eu detesto conversa. Mas gosto de sacrifícios.
  2. Pedras marrons de ébano puro. Não são merda de cachorro.
  3. Quem mais disse que governar é fácil?
  4. Quem diz não sabe. Quem sabe, sabe e o sábio sabe que saber não saber invertido.
  5. Um buraco dentro de sua mente é mais vazio que muitas orlas negras de Trevas.
  6. Daédricos sem rumos são que nem um ato em vão.
  7. A lei do universo é a aleatoriedade.
  8. Quem mais diria isso se não o Lorde Daédrico da Loucura! Sheogorath.
  9. Adoro queijo, sabe? É delicioso.
  10. Humanas tem saber de queijo. Humanos sabor salsicha…
  11. Por que a base do quadrado é sempre um quadrado?
  12. Já pensou em algo três vezes? É um rito ternário sem sentido.
  13. Falando em sentido, seria o sentido o duplo do não sentido? Uma polarização sem tamanho e sem dimensão. Quanto mais se sabe, menos se conhece.
  14. O livro das verdades contém uma verdade. A não verdade contém a mentira.
  15. O mundo contém mais que reais preposições. Contém medo!
  16. Vejo as atrapalhadas de homens e mulheres e me tenho em sonhos alucinantes.
  17. Sheogorath, vós diz, que o absurdo é mais legal.
  18. Não durma pensando no normal. Isso é doença.
  19. Meus escravos sabem a diferença entre o sim e o não. Isso já basta.
  20. A mente é um mundo abismático! Cai nele e nunca mais sairá dele
  21. Já experimentou andar nu pelas ruas? Eles te prenderão certamente! Ou não.
  22. Os quartos são cadeias psíquicas que contém hormônios efêmeros sem precedentes.
  23. Dentes de jacaré são bolhas de dores, quando encravam em você.
  24. E essas dores atingem seus corações espedaçados pelo ódio.
  25. Sangue em meus olhos, olhos daédricos são como benção para vocês.
  26. Eu me viro e me vejo alucinado. Como não ficar?
  27. Capaz que você escolha o caminho errado.
  28. Vamos conversar humano…
  29. Você sente? Você escolheu sentir? Você é o pecado encarnado em você mesmo?
  30. Sente o seu sentimento ilógico? Sente o medo? A insegurança? As atitudes impensável?
  31. Quem nunca amou sem sofrer? Eu, Sheogorath não. Pois não temos isso que vocês possuem.
  32. O senhor de vocês deve ter odiado vocês para puni-los assim.
  33. Mas a questão é mais profunda. Muito mais profunda…
  34. Quanto tempo você ainda possui? Mistério?
  35. Mais mistério é o 418. O número 1 e o som surdo do mudo.
  36. Por que não se entregar ao caos, se você já perdeu.
  37. Todos nascem perdendo. O que vence se ilude.
  38. Não conte os seus segredos. Eles não escutarão: isso é um segredo.
  39. Segredo é para ser guardado em vossas mentes. Isso lhe matará um dia.
  40. Conceber a desordem da natureza é um iluminismo humorístico.
  41. Palavras sem sentido é mais que sem sentido. São conhecimentos do sub.
  42. Sub, subi, sub, subi. Queijo!
  43. A lua não é feita de queijo como eles pensaram.
  44. A semelhança é a cratera. Mas foi divertido.
  45. Duvido que você tenha lido isso tudo. Eu penso se um dia isso lhe servirá.
  46. Servirá humano? Você nem me conhece.
  47. Borboletas rosas, azuis, vermelhas… São TODAS do mesmo saco.
  48. Borboletas matam com as asas.
  49. Pense nisso… Asas. Você a possui?
  50. Vou contar um segredo daédrico. Quem sabe lhe será útil. A insanidade é um estágio de liberdade. As barreiras são impostas por você mesmo. A insanidade lhe deixa livre. As consequências são trágicas. O problema é saber dosar.
  51. O segredo daédrico é que somos deuses. Bem… Não deuses, somos poderosos e podemos ser seus arquétipos de ideias. Você pode conquistar a ideia para sua vida.

SOBRE A POLARIDADE DOS POLOS

  1. Fica estranho um daédrico falar de polaridade.
  2. O ártico polar sul e o norte, são do mesmo balaio.
  3. Polar é um lado. Um lado tem lado.
  4. O lado não é alado. Alado é não possuir lados.
  5. O sentimento polar é unilateral.
  6. Vou comer que estou com fome. Já volto.
  7. Já voltei. A fome é polarizada com o desejo de comer. Já pensou em não comer? É necessário. Dizem que se você domina por completo o elemento Ar pode ficar  sem comer durante uma semana. Ou então fazendo a fotossíntese.
  8. A fotossíntese é feita por vegetais. Quem Vegeta é fotossintetizado?
  9. A questão da polarização é manter o centro. O não polar. O polar é o problema e solução ao mesmo tempo. Ambos possuem lados. Urso polar.
  10. Pelos brancos é pelos sem cor. Evidentemente Sheogorath possui alguns desses. É só pesquisar no Google.
  11. Sheogorath não tem computador… então como vós leis isso?
  12. É que na verdade eu escrevi em um couro de cordeiro há mais de 700 anos atrás, mas sou um lorde daédrico, conheço poderes inimagináveis.
  13. O tempo é causado pela aleatoriedade. Consigo manipular.
  14. Semana que vem, para você, você receberá uma notícia bem divertida. Você terá um filho. Será Pai. Isso é inevitável. Não adianta tentar não fazer. Já está feito.
  15. O feitiço desse livro é que apenas quem terá filhos semana que vem está lendo isso. Isso que você está lendo. Quem leu uma parte, não terá problemas.
  16. É verdade.
  17. A polarização é um defeito de forças. O desequilíbrio.
  18. É possível polarizar a loucura, sabia? De um lado a insanidade auto destrutiva e do outro a insanidade construtiva.
  19. Auto destrutiva é você saltar de paraquedas sem paraquedas. Você é burro.
  20. A construtiva é saltar de um ônibus em alta velocidade em um filme de ação. Você é o herói.
  21. A questão é não se matar. Você não é imortal que nem eu. Sheogorath!
  22. Sabe quantos poucos são muitos? Polarizar é um conhecimento hermético. Fui um brother bem chegado de Hermes. Eu o chamava de Herminho. tomávamos café juntos. Nosso café preferido era o café YHVH.
  23. Para esse número sagrado eu dou as chaves do portão das dores e sofrimento. Não é possível sentir alegria sem antes sentir tristeza. A alegria é a parte positiva do polar alegria-tristeza. Quem estudou um pouco de Hermetismo sabe o que digo.
  24. Por que um Lorde Daédrico da Loucura ensina Hermetismo?
  25. Good question, man! Adoro queijo. E o segredo se encontra no queijo.
  26. Há queijo em sua cidade? Em seu bairro?Quem vende? Há alguém que faz queijo caseiramente? Pergunte a essa sábia…
  27. Ela te resolverá os problemas que eu, Sheogorath te jogou. Te jogou? Me jogou?
  28. O sagrado é a polarização do idolatrismo ou do amor. Amor é ódio em um dos lados. Polar é Ralop de trás para frente.
  29. Lopar. Parlo.
  30. Parlo é o nome do servidor polar. Com ele conseguirá transmutar ódio em amor, amizade em inimizade, razão em loucura. Conhecimento em ignorância. Tudo… em nada.

SOBRE PEDRAS

  1. É notório que mais do que nunca, permitir uma loucura é abençoar a permissão da criatividade.
  2. As vezes não.
  3. Mas o que as pedras do caminho diriam se não houvesse o que bloquear?
  4. Elas bloqueiam felicidades e tesouros!
  5. Quebrem as pedras do seu caminho.
  6. E depois taque em seus monstros!
Publicado por: Dark Night | fevereiro 24, 2015

Gênesis – Anunnaki

Terminado a obra

Publicado por: Dark Night | fevereiro 23, 2015

KALMA SURTA COMENTADO

Por Dark Night – o come pamonha

 

 

A iluminação Shimoniana veio assim que estudei o Kalma Surta (K.S). Você receberá iluminações secundárias da SHIMO com comentários comentados por Dark Night. Ou não. Sei lá!

O que for retirado do Kalma Surta original estará em itálico (assim ó)!

SHIMO é Sociedade Hermética Iniciática da Mão Onanástica. Ok?

Durante o livro sacro, segundo o próprio escrito, O Livro das Transmigrações Shimonianas pude perceber várias atribuições sexuais… Isso fica claro durante o desenrolar do livro. Ele é um amontoado de ensinamentos da iluminação por meio da energia sexual.

Mais que isso! É uma (des)ordem.

SOBRE OS GRAUS ONANÁSTICO

0=1 Mão de Seda

1=2 Mão de Veludo

3=4 Mão de Mel

4=5 Epa, cade a mão!?

6=9 Punhetaerus Maeximus

 

Primeiro eu pergunto o que é onanástico? Provavelmente vem de Onan… Mas que é onan?

Sobre os graus, lembrando os graus da Golden Dawn, notem que o 7 e o 8 inexistem na contagem indo diretamente ao 9 para copular com o 6, formando o 69, número sacro onanástico (ou não, pois não há referência no livro).

Mão de seda, de veludo e de mel. A masturbação iluminatória evidente nos graus do praticante. Provavelmente o 0=1 é o adolescente de 10 a 12 anos. É a fase sem ejaculação.

A mão de veludo é a fase pubatório onde surge os primeiros pelos.

Mão de mel é a fase da ejaculação. Mel, melado… Sacou neh?

O mistérioso 4=5 onde a mão some… Isso é um mistério Shimoniano. Por que? O que ocorreu? Suposições é que o grau masturbatório fecha para entrar um processo copulatório a dois (ou mais). Depois cai para o grau supremo da mão onanástica. Poucos são o  que conseguem êxito nesta prática. Os que são mestre neste grau nunca mais copulam com outros, pois a total satisfação é obtido sozinho.

Dualidade do Ping e do Pong (Observem que está em Itálico, significa que é do K.S)

 

Saudações Onanásticas! O cumprimento sem mão!

 

De acordo com o Kalma Surta – O Livro das Transmutações Shimonianas, Cap 24, pag 69 temos:

No principio eram os Atarianos (lembra do Atari?), e neles haviam dois principios, o Ping e o Pong.

Simplesmente, por uma observação excessivamente koanistica, deve-se ter um mente que se a primeira faz Ping a segunda, necessariamente sem ser regra, pode e não ou deve fazer Pong…

 

Pegai e derivai-vos!

Aquele que não tem o Ping e Pong em si esta em desequilíbrio com o poliverso, eles são os principios que coligam a mente com outras dualidades: casar ou comprar escada? Cagar ou Peidar? Dinheiro ou Cueca?

Ping e Pong refletem os caminhos e escolhas da vida de um devoto da verdadeira SHIMO!

 

Observamos aqui a lei da polarização Hermética. O dual das coisas… O Yin e Yang, o Ping e Pong.

Os agentes alquímicos transmutáveis seguem essa lei universal. Transformar alegria em tristeza, fome e sede em saciedade, amor em ódio (ou vise versa).

As luzes em trevas e assim por diante seguindo o sentido polar A para o sentido polar B.

Contribuo aqui que um dos lados é ativo e o outro passivo. O ativo é o que se denomina positivo, construtor,  elétrico, princípio do fogo. O passivo é destruidor, absorvedor, magnético, princípio da água.

Transmuta-se apenas elementos de mesma natureza. Não se pode transformar medo em alegria.

A questão que surge é: quem é o ativo? O Ping ou Pong? (essa é para o aspirante a iniciante meditar.)

“A esperança não existe. A esperança é o caralho.”

 

É evidente que a esperança se encontra  no bastão mágico, na vara do Harry Potter, no pau, na pisota, no pinto, na pica, no pênis do homem (onde mais seria?). Você tem esperança?

Punheta Onanástica Transcendental - Grão Jeremias, Grão Cinco e Cinquenta e Cinco e Grão Timóteo Pinto

A yoga onanástica deve ser atingida através da meditação diária na Deusa

A alma gêmea está em nós e não em outro.

A punheta transcendental é para descoberta da alma gêmea em sí.

Segundo os preceitos tântricos a punheta transcendental jamais deverá chegar ao orgasmo. Deve chegar a implosão interna e não o esvair por esvair.

 

Fica claro o motivo instintivo da punheta surgir na adolescência.  É a busca transcendental (lembra dente isso) para descobrir a própria identidade  (é na adolescência que se faz a carteira de identidade também… Coincidência??).

Notemos que a energia sexual deve ser preservada e direcionada e não simplesmente esvaziar jogando ao nada. Notai que isso é um valioso conhecimento. O Ativo precisa encontrar um Passivo (animado ou inanimado). Sem mais explicações, vou deixar para meditação.

A deusa ali, para quem não sabe, é a magnífica Éris, ok? (procure no google imagem: Éris gostosa de boca lambusada. Ou procure do RedTube)

Conto Zen Shimoniano

 

Um Homem muito infeliz com a sua vida miserável resolve trabalhar… ganhou dinheiro abrindo um negocio que logo começou a dar certo começou abrir vários pelo país inteiro… Ficou muito rico e casou-se… a sua vida ficou monótona e sua esposa parecia não ser o suficiente e decidiu ter filhos… Teve filhos.. Muitos.. e filhas.. muitas também… mas ao ver que eles se casavam e o abondavam tão rápido quanto percebeu que não era o suficiente e resolveu sair em busca de um outro objetivo.. Dessa vez de nível espiritual… para ver se dava um jeito nessa sua eterna insatisfação…. Abandonou tudo e seguiu na direção que ele achava ser certa e resolveu ir em busca da VERDADE… obstinado para a encontrar ele nadou em lagos profundos, buscou nas grutas mais misteriosas e escuras, andou sobre nevascas… em bosques floridos e em desertos tão distantes que pareciam não ter fim, depois de anos andando encontrou-a em uma montanha alta e solitária. Uma velha caolha, sem dentes, corcunda usando mantos rasgados velhos e feios. Perguntou quem era e ela disse… – Sou a verdade. Entao ele encheu seus olhos de lágrimas e implorou de joelhos que o ensinasse o caminho da verdade. ela então o aceitou como pupilo. por anos a fio foi doutrinado e achou que estava na hora de compartilhar tudo o que ele sabia pois tanta sabedoria tinha que ser repartida. se despediu da velha e antes de descer a montanha ela lhe deu as ultimas instruções. – “Se alguém lhe perguntar como eu era… diga que eu sou Linda… alta… e de beleza imensurável……”

 

As pessoas procuram a verdade sempre! Querem encontrar a verdade pensando que ela é linda e bonita, atraente. O problema é que os seres humanos não gostam de sentir e conhecer a verdade. Se iludem e fantasiam a verdade. Ela é feia. Isso é o que diz  o conto acima.

Iluminação Shimoniana

Estava eu a refletir hoje, sobre como alcançar a iluminação, a qual, descobri, não podia alcançar sozinho, necessitava de ajuda. Sendo que ainda não me aprofundei nos conhecimentos Shimonianos, então não tenho certeza, mas creio que descobri um dos mais poderosos instrumentos ritualísticos Shimonianos, a CADEIRA. Sim, após longo período de reflexão, descobri que a melhor maneira para alcançar a iluminação, era utilizando esse grandioso instrumento ritualístico, encontrado em qualquer lugar, a “cadeira”. Lá fui eu, peguei-a, centraleizei-a o melhor que pude da iluminação e pude então alcançá-la.

Desculpem-me MARes e Montanhas se revelo aqui um conhecimento velado de vossa filoshofia, mas não pude me conter ao se revelar para mim tão profundo conhecim…

 

Jamais revelem o verdadeiro caminho da iluminação Shimoniana. Observem que o autor acima não conseguiu terminar a frase por revelar o segredo. Provavelmente deve ter morrido de infarto do miocáridio com as práticas chakrianas do coração.

A revelação que iria ser revelado é que o uso da cadeira é essencialmente vital para alcançar a ilum…

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

Depois da pausa dramática vim para terminar a iluminação. Vou deixar você tirar suas próprias conclusões com a pergunta Shimoniana Da Iluinação que encontrei em um pedaço de camisinha sabor laranja usada:

Como trocar uma lâmpada sem escadas?

 

:::

àß

 

Não, eu não morri!

 Baixe no Original

Kalma Surta Comentado

 

 

 

Dark Night

Publicado por: Dark Night | fevereiro 20, 2015

O ILUMINAR DO DESODORANTE

  1. É Em um desodorante que se encontrou o Fnord sagrado!
  2. Com feriados negros de puro odor e pestilência.
  3. Aqueles que desafiam a não usá-los são contra o sistema manipulatório.
  4. O frasco cheiroso exalando mil pragas de sabor doce!
  5. Oshalár dosminar Hum. Dir cape!
  6. Sim! Sim! Sim! Sheogorath vós diz! Não ouse! Ouse!
  7. Tira casaco, põe casaco! Tira casaco! Joga casaco!
  8. Use em sua boca insanamente spray de desodorante para desodorar suas palavras imundas e podres, ò Humano!
  9. Não ouse jamais me desafiar à um duelo! Eu sou o príncipe da loucura e você pode ser um… Louco sem controle.
  10. E os olhos vermelhos em chamas cantadas em um apito de jato?
  11. Aqueles foram vocês que tiraram o lacre.
  12. Tire o lacre e verás o que tem por detrás da porta!
  13. O produto é um emaranhado de Fnords múltiplos de 3.
  14. EXA! EXA! ANOXER! O X é o segredo fnord aqui!
  15. Use e abuse em um mês!
  16. As falsas palavras deles lhe aliena e mudam sua mente.
  17. Desodorante lhe deixa burro, ignorante!
  18. Todos que usam desodorante de uma mesma marca são uns tolos…
  19. Sheogorath adverte, que ser um caracinza lhe levará ao escravismo.

De Sheogorath, Lord e Príncipe daédrico da Loucura.

Publicado por: Dark Night | fevereiro 20, 2015

SEGREDO FNORD – RÓTULOS

Embora ninguém imagina, é nas coisas triviais que os segredos ficam guardados… Por isso é segredo, ninguém percebe. Dentro de sua casa (isso! Bem dentro de sua casa e no banheiro também) há segredos FNORD relacionados à nova ordem mundial. Não, não são os illuminatis, esses são os que querem governar, mas há outro que governa já.

As mensagens transmitidas às massas e para mesmos grupos filiados ao Fnordismo estão inseridas atrás dos produtos, nos rótulos. Aquelas letrinhas bem pequenas que ninguém consegue enxergar sem lupa (ou óculos superpotente) atrás do Shampoo contém a trama emaranhada entre contato extraterrestre e o grupo humano filiado a eles.

É óbvio que a toda a história de Ordem mundial é a passagem de governo extraterrestre para a de humanos. O que ninguém sabe é que os Illuminatis, a orla humana (iniciou assim, mas atualmente há extraterrestre no grupo) e o outro lado está a orla dos Extraterrenos (antigos Anunnakis de Nibiru que governam desde a época suméria há 7000 anos).

Dentre os Illuminatis estão contidos vários outros órgãos e grupo religiosos (como a maçonaria) e do outro lado os grupos mais discretos (como o discordianismo, FNORD, escolas Iniciáticas) que são planos Anunnakis para manter o poder.

O convencional se tornou paradigma e uma guerra de ideias invadiu a Terra. Os illuminatis se infiltraram dentro de grandes órgãos governamentais e agem rapidamente. O grupo Celestial que rege com o príncipe planetário a Terra desde muito antes de Cristo nascer, planejam uma mudança governamental que vai parecer uma nova ordem mundial, mas com o objetivo de neutralizar o rival.

Como sei de tudo isso? Está tudo atrás dos produtos, nos rótulos, basta lê-los.

Publicado por: Dark Night | fevereiro 20, 2015

A REUNIÂO

No ano de 2000 alguns conspiradores paparazzi seguiram pessoas das mais altas esferas da sociedade e se surpreenderam com que viram. Jonh e Mike, dois amigos fotógrafos, jornalistas e conspiradores conseguiram imagens de uma suposta reunião  que ocorreu na época em Londres. Ao que parece a reunião ocorreu de fato na Indonésia.

Um dos símbolos vistos por eles era semelhante ao Yin-yang  com algumas modificações. Presidentes e diretores das mais grandes companhias do globo se reuniram para tratar de assuntos secretos. Mike afirma que naquela reunião eles iriam determinar uma mudança no jogo político. Ele não sabe afirmar com certeza se há algum envolvimento com o atentado do 11 de setembro, mas arrisca a declarar que não se surpreenderia caso encontrasse alguma prova.

Jonh morreu em um acidente de ônibus em 2006 quando ia para New York. Parentes e amigos declararam que ele  estava indo para se encontrar com um colega de trabalho para fazer uma matéria importante. Não comentou nada sobre o assunto. Jonh tinha o costume de manter diários para caso morresse a família saber o que estava acontecendo, mas misteriosamente antes de partir Marie, mãe de Jonh, viu ele queimando todos. Ao questionar tal ação, Marie recebeu um jorro de blasfêmias costumeiras de Jonh. Sem desconfiar de nada, deixou-o prosseguir.

Mike supõe que Jonh foi assassinado devido às fotos que ele havia escondido, pois naquela noite, segundo Mike, cinco seguranças recolheram suas câmeras e apagaram todas as fotos. Apenas Jonh, que tinha uma câmera caseira conseguiu salvar três fotografias podendo ser identificadas nelas o rosto de quatro presidentes importantes no cenário político global da época. As fotos foram perdidas com Jonh.

A teoria de Mike e de Jonh era que iriam criar grupos ativistas e conflitantes com o rumo econômico. Esse grupo das mais altas esferas da sociedade são chamados de Discordianos que visam dominar parcialmente o globo. Segundo Mike, esse grupo discreto são mais anônimos que as mais conhecidas sociedades secretas, como a maçonaria, illuminati, bavários, etc.

“Eles implantaram o Fnord na sociedade e querem implantar a nova ordem mundial do Caos. São espertos, inteligentes, bonitos, estão no meio artístico, cultural, político e até no mundo oculto. Os discordianos estão avançando aos poucos e conseguirão chegar no objetivo antes de 2020.” Declara Mike.

Publicado por: Dark Night | fevereiro 20, 2015

ESPELHOS

Os espelhos estão em todos os lugares. Eles estão não por acaso. Encontra-se um em um banheiro, quartos, sala, shoppings, carros, motos, ônibus, carteira de mulher, motel… Eles estão ali por um motivo. Os espelhos carregam escutas e nanocâmeras que monitoram toda a atividade humana.

Foi implantado a ideia na década de 1990 quando o comitê de ética permitiu que nanocâmeras fossem implantadas já nas fábricas. Elas ficam dentro do vidro. Se você quebrar um espelho você poderá ver com um microscópio a nanocâmera que fica geralmente no centro do espelho.

Isso foi possível depois do progresso tecnológico na área de armazenamento de informações e principalmente na área da nanotecnologia. Pesquisadores no mundo todo investigam as propriedade nessa dimensão e foi por isso  que seu HD (hard disc) pode ter 500 G de memória e ser do tamanho de uma pires.

A monitoração deu a origem à um livro chamado Humans, que em resumo é sobre o comportamento humano. Com  isso eles preveem as ações da sociedade. No cenário político isso tem muita finalidade como em quem vão votar.

Na Deep Web onde algumas das informações foram vazadas, imagens são divulgadas e foi onde a conspiração do espelho surgiu. Em alguns países como a França e a Alemanha mais de 20 hackeres de computadores foram assassinados sem motivo aparente. A suspeita no mundo da sub rede de internet é que eles seriam os autores do vazamento das informações.

Conspiradores associam isso aos grupos Illuminati, Franco Maçons e Discordianos. Não há provas, mas a ideia foi jogada no ventilador para qualquer um desconfiar. Cuide com que você faz na frente deles, eles te observam.

Publicado por: Dark Night | fevereiro 20, 2015

TIMÓTEO PINTO É UM ASTRONAUTA

 

Diante do universo, olhando fixamente para o profundo negro vazio. Ele que sempre foi todos, e todos foram ele e as vezes ninguém e eu, você ao mesmo tempo, também foi para o espaço. Sim! Timóteo Pinto! Timóteo foi quem pisou na Lua pela primeira vez. Conspirarão contra ele para impedir a repercussão, fama, dinheiro, carros, casas luxuosas, fazendas e mulheres.

Foi pela segunda vez em 1985 com a nave HB 2 da Faber Castell. Esteve em Marte, embora muito se fala na ida do homem a este planeta gêmeo da Terra. Marte é muito parecido com Terra, salvo a atmosfera rarefeita, a oscilação de temperatura que mataria qualquer humano, a irradiação Ultra Violeta que queimaria o Homem  como se estivesse no Fogo do Inferno pagando por seus pecados. Tirando isso, é muito semelhante e por isso cientistas pensam que vale a pena correr o risco.

Talvez o maior feito de Timóteo Pinto como astronauta não foi ir até Marte, Lua ou no sistema Sírios, foi, na palavras dele: “No maior bronzeamento que tive”. Sim! No Sol!

Quando ele pisou… Vou deixar ele contar essa pequena história:

“Foi Lindo! Ao pisar naquela bola macia e grande de fogo. Minha pele tomou uma coloração de bronze rapidamente. Minha face cobria-se de calor quente. Foi único na história da Humanidade. Um pequeno bronzeamento para a Humanidade, queimaduras de terceiro grau para o Homem.”

Há lendas que Timóteo Pinto brigou mano a mano com um extraterrestre em Netuno para conseguir diamantes e salvou uma das luas de Saturno de se suicidar. Há boatos que foi o próprio Timóteo que tirou Plutão da sua órbita normal dando aquele ângulo esquisito que os astrônomos observam e que fizeram tira-la do sistema solar. Ao que parece foi uma vingança antiga.

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.302 outros seguidores