`Patafísica Delariantiana

:::

Portais de Delariantismo `Patafísico:

http://timoteopinto.wordpress.com/

https://discordiabrasilis.wordpress.com/

http://partidointerestelar.wordpress.com/

http://tudismocroned.blogspot.com.br/

http://freakronedfunk.tumblr.com/

:::

 

Tudismocroned BullDada Network ::: arte, anti-arte, pós-arte, `patafísica, absurdismo, discordianismo, concordianismo, meta-discordianismo, realismo, surrealismo, delirismo, lucidismo, neoísmo, anti-neoísmo, qualquercoisaismo, etc…

:::

 

O delArismo é uma alquimia multicabalense entre o Larismo de reverendo wodouvhaox e o Delírio Coletivo de Reverenda Fada Verde.

Enquanto o Larismo abastece a necessidade ontológica de Introversão Meditativa, o Delírio Coletivo alimenta o outro lado do espelho de Alice, a Extroversão Slackronediana -><- Bonobista -><- Muito Confusa.

É também conhecido como DeLariantismo. e um dos motes principais, utilizado quando há uma grande Aflição Espiritual, é: “Cale a boca! Aprecie o silêncio, a não ser que você queira dizer algo engraçado e/ou divertido”.

:::

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

:::::::::::::::::: Cabala Delariantiana David Lynch :::::::::::::::::::::::::

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Alguns Textos Sagrados Meta-Delariantianos Taoístas Discordianos `Patafísicos

:::

“Ultimately, the idea isn’t to go from identification with form to identification with formlessness. It’s not about going from a somebody to a nobody. You can’t define the truth as something, or as nothing. You can’t ultimately define it as spirit or as matter. You can’t define it as ego or other than ego. Our ultimate nature can’t be described in dualistic terms at all. To our minds, it will always remain a mystery, because the process of thought that we use to apprehend things can only think in dualistic terms. So our minds can never really know reality directly.”

Adyashanti

 

:::

:::::::::::::::::::::: Manifesto sobre o minimalismo patafísico ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

:::

 

The (sur)realistic argument as a source of illuminated confusion

“We understand confusion, individual chaos and nonsense as the first moment of de-territorialization of the individual. Through this act, loaded with nonsense felling, comes the initial impulse of a pretended reaction full of meaning, answering by itself.” – Timóteo Pinto, ’pataphysician meta-discordian post-neoist thinker

 

-><-

 

#thegame23 – Enter the Rabbit Hole

“Some people say that #thegame23 mod 42.5 is a complicated A.R.G. disguised as a simple interactive art, other people say that #thegame23 mod 42.5 is a complicated interactive art disguised as a simple A.R.G.. Some other people say that #thegame23 mod 42.5 is a complicated interactive joke disguised as a simple pataphysics, other people say that #thegame23 mod 42.5 is a simply complicated interactive disguised pataphysics disguised as complicated pataphysical simple joke.
– Timóteo Pinto, ‘pataphysician post-thinker

 

-><-

:::
-><-
-><-
:::
:::
-><–><–><–><–><–><–><–><–><–><–><–><–><—-><–><–><–><–><–><–><–><–

#FollowtheWhiteRabbit

-><–><–><–><–><–><–><–><–><–><–><–><–><—-><–><–><–><–><–><–><–><–
:::
.
.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

::::::::::::::  Textos Sagrados  ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

.

Meaningness | Better ways of thinking, feeling, and acting—around problems of meaning: self, society, ethics, purpose, and value

“Nebulosity” means “cloud-like-ness.” Meaningness is cloud-like. It is real, but impossible to completely pin down.

Nebulosity is the key to understanding confusions about meaningness.

“Nebulosity” refers to the intangible, transient, amorphous, non-separable, ambiguous nature of meaningness.1

From a distance, clouds can look solid; close-up they are mere fog, which can even be so thin it becomes invisible when you enter it.
If you watch a cloud for a few minutes, it may change shape and size, or evaporate into nothing. But it is impossible to find an exact moment at which it ceases to exist.
Clouds often have vague boundaries and no particular shape.
It can be impossible to say where one cloud ends and another begins; whether two bits of cloud are connected or not; or to count the number of clouds in a section of the sky.
It can be impossible to say even whether there is a cloud in a particular place, or not.

Meanings behave in these ways, too.”

 

:::

 

 

:::

“When we meet somebody whose separate tunnel-reality is obviously far different from ours, we are a bit frightened and always disoriented. We tend to think they are mad, or that they are crooks trying to con us in some way, or that they are hoaxers playing a joke. Yet it is neurologically obvious that no two brains have the same genetically-programmed hard wiring, the same imprints, the same conditioning, the same learning experiences. We are all living in separate realities. That is why communication fails so often, and misunderstandings and resentments are so common. I say “meow” and you say “Bow-wow,” and each of us is convinced the other is a bit dumb.”
Robert Anton Wilson, Prometheus Rising

:::

 

“Belief looks for its cause in perception, identity, and reality, but in doing so it dictates and distorts them. Imagination emancipates belief from itself, and then liberates perception, identity, and reality to do the same.

We no longer separate and distinguish between our wishes and efforts to know, express, distort, confuse, or illuminate. We can do all or none of these things as we wish because belief-free is FREE.”

Serena Coburn

 

:::

 

Delírio Coletivo

por Fada Verde

Ao longo da história, a maioria dos movimentos literários e artísticos contradiziam o movimento anterior. O Renascimento foi contra tudo o que a Era Medieval disse, o Realismo negava os fundamentos do Romantismo e assim por diante.
Já o movimento Nonsense resolveu que não gostaria de contradizer o movimento anterior, no caso, o Modernismo e a Pop Art, o Nonsense quis negar absolutamente tudo e/ou não negar absolutamente nada.
Sob a máxima “Pra que fazer sentido!?”, esse movimento cria uma contradição de tudo e dele mesmo, com raízes em todos os estilos literários e tendo por característica a abolição da linguagem figurada, nada mais era figurativo, tudo era real, e o que era real não existia, ou existia, ou o que quer que o leitor prefira.

O que aconteceu foi que no fim do século XX e começo do século XXI, com o fim da Guerra Fria, a ascensão dos EUA como maior força política e econômica do mundo, detendo um poder quase imperialista e com a estagnação de todo e qualquer movimento revolucionário, o mundo conheceu um período de conformismo em que qualquer coisa era uma revolução. Andar fantasiado, por exemplo, ou simplesmente usar um nariz de palhaço pela rua, já causava um grande choque por quebrar a monotonia cotidiana. O movimento DC, autor da obra Sofia, foi um dos primeiro a notar isso e adotar a idéia do Nonsense.

Da idéia para a prática foi um pulo. Embora no começo, apenas algumas pessoas tivessem adotado essa “revolução”, assim como em qualquer outra já ocorrida, o clima e as idéias sem sentido foram tomando proporções mundiais e o mundo conheceu uma época maravilhosa, onde a espontaneidade e a imaginação tomaram conta de todos e tudo passou a ser fantástico e irreal. Chegou até a haver um certa desaceleração nas pesquisas cientificas, afinal não importava mais provar que pode-se dividir uma célula infinitamente.

Antes desse movimento, as pessoas buscavam uma explicação científica para tudo, mas depois ninguém mais queria a explicação lógica e inteligente. Todos perceberam que a fantasia era bem melhor, que cada um poderia formular sua própria teoria para qualquer coisa, todas as lendas sobre os “porquês” voltaram à tona e todos os povos buscavam as raízes de suas culturas para saber algo, quando não encontravam, criavam uma nova cultura.
Em meados da década de 10 do século XXI, o mundo já não fazia sentido algum. Viam-se pessoas fantasiadas, nas ruas, nos supermercados e até nos escritórios você encontrava pessoas vestidas de Pantera Cor-de-Rosa ou Smurffle.
As casas tinham pinturas psicodélicas e, às vezes, achavam-se florzinhas desenhadas no meio da rua.
Com a população nesse incrível estado de espírito, era natural que as artes também seguissem esse caminho.

Leis Absolutas do Delírio Coletivo

1ª Lei Absoluta
PATAFÍSICA- Tudo é decidido pela imaginação e não pela razão.

2ª Lei Não Absoluta
Não encher as caras aos domingos.
Quem quer fazer sentido?
A realidade é relativa;
A Fantasia é bem melhor;
Arte, Poesia e Loucura.

3ª Lei Absoluta
Usar LSD.

4ª Lei Absoluta
Enlouquecer a Política.

5ª Lei Absoluta
Nenhum tipo de censura.
Mandar as preposições e a gramática pro inferno!

6ª Lei Absoluta
O que fazer em casos de incêndio?
Deixe queimar!

7ª Lei Absoluta
Jogar uma garrafa de conhaque no Delírio Coletivo

8ª Lei Absoluta
DELIRAR.

9ª Lei Absoluta
Assassinar a monotonia causada pela razão.

 

:::

 

 

:::

 

Loucura Lúcida

por Fada Verde

Não conseguir fugir da realidade significa um excesso de lucidez ou extrema loucura?

A resposta confirmaria minha tese poética-lunática, de que não só o excesso de lucidez leva a loucura como o excesso de loucura leva a lucidez.

Se minha realidade é na verdade uma ilusão, quando tento fugir dela, tento alcançar a realidade? Ou migro de ilusões em ilusões? Se as realidades são múltiplas a tentativa de alcançar a realidade única em que todos se enquadram seria uma farsa. Talvez todos vivam em suas respectivas ilusões, que criamos e recriamos. Se pertence a cada sujeito que a resolva viver, a realidade sim que é uma ilusão, a ilusão da ilusão. A ilusão é uma realidade. A realidade está fora ou dentro? do exterior ou do interior? O que faz pensar quantas realidades seriam possíveis. Infinitas. Nos casos que unem mais indivíduos, podemos denominar precisamente como o fenômeno do Delírio Coletivo.

Se produzimos a realidade ilusória, o que é loucura? Como são diversas as loucuras, digo, ilusões, realidades. A metafísica disso tudo é expressa pela loucura de Deus, o tal dançarino do qual falava Nietzsche, que nos criou a sua imagem e semelhança, como deuses de nossas próprias loucuras. Fato é que nelas podemos fazer o que quisermos dentro dos limites da loucura de Deus.

Dizem por ai, que o sóbrio é aquele que sabe distinguir a realidade da fantasia, mas o que dizer se somos máquinas de produzir fantasias? Certamente jamais será possível olhar um homem despido de seu imaginário. Ilusões sobrepostas numa translucidez aguda. Perceber que está iludido não significa que nos livramos da ilusão se ela é real. As ilusões/realidades se desdobram uma fora da outra. Se trancafiamos alguns de nós dentro das salas estofadas, é porque os condenamos pelo abuso da criatividade.

O excesso de lucidez, faz perceber a ilusão real, que se exacerbada leva a loucura originária. A loucura alucinatória se levada a extremos nos leva a realidade ilusória, que é a realidade possível.

“É grave doutor?!?”

:::

 

The Blessings of Sheogorath

 

For Our Lord Sheogorath, without Whom all Thought would be linear and all Feeling would be fleeting.

Blessed are the Madmen, for they hold the keys to secret knowledge.

Blessed are the Phobic, always wary of that which would do them harm.

Blessed are the Obsessed, for their courses are clear.

Blessed are the Addicts, may they quench the thirst that never ebbs.

Blessed are the Murderous, for they have found beauty in the grotesque.

Blessed are the Firelovers, for their hearts are always warm.

Blessed are the Artists, for in their hands the impossible is made real.

Blessed are the Musicians, for in their ears they hear the music of the soul.

Blessed are the Sleepless, as they bask in wakeful dreaming.

Blessed are the Paranoid, ever-watchful for our enemies.

Blessed are the Visionaries, for their eyes see what might be.

Blessed are the Painlovers, for in their suffering, we grow stronger.

Blessed is the Madgod, who tricks us when we are foolish, punishes us when we are wrong, tortures us when we are unmindful, and loves us in our imperfection.

 

via Unofficial Elder Scrolls Pages

 

:::

 

Larismo

por woouvhaox

Nós
somos uma tribo
de eremitas, solitários,
introvertidos, monges,
mudos, lacônicos,
e maníacos afins
que estão intrigados
com
Lara
DEUSA DO SILÊNCIO
e com
Seus
Afazeres

O Que Nós Sabemos Sobre LARA (não muito):

“Larunda (ou Larunde, Laranda, Lara) era uma Náiade ou ninfa, filha do rio Almo na Mitologia Romana. Ela era famosa tanto pela sua beleza como pela sua loquacidade – uma característica que os seus pais tentaram refrear. Ela era incapaz de guardar segredos, e assim revelou à esposa de Júpiter, Juno, o seu caso com Juturna (ninfa companheira de Larunda, e esposa de Janus). Por atraiçoar a sua confiança, Júpiter cortou a língua de Lara e ordenou a Mercúrio, o mensageiro, que a conduzisse a Averno, a entrada do Mundo Infernal e reino de Plutão. Mercúrio, no entanto, apaixonou-se por Larunda e fez amor com ela no caminho. Lara então tornou-se a mãe de duas crianças, conhecidas como Lares, deuses invisíveis guardiões dos lares. Contudo, ela teve que permanecer escondida numa casa nos bosques para que Júpiter não a encontrasse.” wikipedia

“O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz.”
(Aristóteles)

“O homem comum fala, o sábio escuta, o tolo discute.”
(Sabedoria oriental)

“O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete.”
(Aristóteles)

“O sábio fala porque tem alguma coisa a dizer; o tolo porque tem que dizer alguma coisa.”
(Platão)

“O Sábio cala … a verdade por si fala”
(Ponto de Equilíbrio)

“As palavras não representam a coisa em si. Elas inicialmente eram metáforas para tentar comunicar ou indicar algo. Com a evolução da linguagem e sua crescente complexidade, foram criadas metáforas sobre metáforas, ficando cada vez mais abstratas até o ponto em que sua origem, a expressão da coisa em si, se perdeu completamente. Digamos que palavras são como o NX Zero, a cópia da cópia de recópia da tricópia.”

  • Timóteo Pinto

 

:::

 

Mais sobre Menos:

Manifesto Clarifesto – Menos é Mais

por Reverenda subMarina

Eu não sei nada sobre as pessoas e isso é muito! E poucas pessoas sabem muito sobre outras pessoas, já que a maioria das pessoas pensa saber muito sobre as pessoas. Talvez saibam sobre uns e outros…Conhece a ti mesmo? Impossível se cada um é um universo, imagina conhecer outras pessoas, saber sobre outras pessoas? Poucas pessoas se conhecem, e eu me conheço muito pouco e isso é muito! Assim, dessa maneira, menos é mais e mais é menos! E eu não sei nada, ninguém sabe nada, o que é muito!Muitas pessoas pensam saber alguma coisa e saber alguma coisa é pouco comparado a não saber nada!”Tudo que sei é que nada sei” , só que eu nem sei o que é tudo, então eu nem sei o que é nada! Menos é mais!!! Então nada é tudo e tudo é nada…

Manifesto Clarifesto=Tudo é Nada?

fnord Tudo é Nada? Não saberemos nunca. Mas, e se eu souber? Como é que faço pra saber se sei? Então o “talvez” seja o “nunca” fnord disfarçado de probabilidade! E as probabilidades de eu saber nada sobre mim nunca serão reais, bem como verdadeiras, bem como saber tudo! Então “não sei” é o “sei” disfarçado de resposta! Ou de pergunta?

Salve Èris

Clarifesto Manifesto=Preço da Vaca

Então, de novo, o negócio é o seguinte: O preço da vaca é cento e vinte!(R$120,00)…Existem gnomos que costuram sua meia rasgada por bem menos e você não precisa ter uma vaca que custe R$120,00. Também existem fadas do dente que levam os dentes caídos por R$120,00, só que como poucas pessoas possuem dentes de ouro , e ou, com amálgamas de prata , então, dificilmente elas aparecem para comprar o seu dente…E por aí vai! O negócio é o seguinte: tenha uma vaca de cento e vinte que seus dentes ficarão na sua boca e suas meias sem rasgos…

Clarifesto Manifesto=23 anos

Eu queria ter 23 anos pra sempre! 2003 foi o ano da Multicabala Lispectoriana, porque esse número é o cabalístico erisiano…E eu que finjo…Enfim, como será que Èris se comunica com glândulas pineais em período de TPM? Na verdade o período de tensão pré-menstrual em garotas regidas por Éris se converte em Tentativa Pineal Magnânima (TPM)!!! Nesse período, garotas FNORDS têm sua comunicação expandida com a deusa e causam o caos em seus lares e adjacências…Quanto mais forte a TPM, mais regida por Èris é…Uma expansão do espectro super estendida chegando ao espectro gama ou nanomicrondas. E Èris nos fala através do sangue perdido:

“Eu sou uma cadeira e uma maçã e eu não me somo”

11:59(1½ horas atrás) Clarifesto Manifesto= 5 propostas

1. Se é cada um com seus problemas, então façamos um mercado de pulgas de problemas…A cada problema comprado garantimos uma plástica para aumentar a parte de trás da sua orelha

2. Vamos distribuir nossos problemas de graça e as pessoas que aceitarem os problemas, terão direito á 120 vacas ordenhadas por fadas ou gnomos…O leite será dourado , pois vacas ordenhadas por gnomos têm o leite coado e pasteurizado em meias de fio de ouro, que provêm dos dentes comprados pelas vacas…

3. De agora em diante tenho apenas 23 anos

4. “Quem escreve ou pinta ou ensina ou dança ou faz cálculos em termos de matemática, faz milagre todos os dias. É uma grande aventura e exige muita coragem e devoção e muita humildade” -Clarice Lispector

5. Menos é mais

Clarifesto Manifesto=Clarice Lispector

Clarice Lispector é nossa patrona gran sacerdotisa mor…não há o que dizer a não ser, MENOS É MAIS!

“Mas já que somos pouco e portanto só precisamos de pouco, por que então não nos basta o pouco? É que adivinhamos o prazer. Como cegos que tateiam, nós pressentimos o intenso prazer de viver.”

“Dar a mão a alguém sempre foi o que esperei da alegria. Muitas vezes antes de adormecer- nessa pequena luta por não perder a paciência e entrar no mundo maior- muitas vezes, antes de ter a coragem de ir para a grandeza do sono, finjo que alguém está me dando a mão e então eu vou, vou para a enorme ausência de forma que é o sono. E quando mesmo assim não tenho coragem, então eu sonho.”

trilha sonora

mais sobre lara

e é só. mú

:::

 

 

Unindo o Hodge & o Podge

1 – delArismo sexy

“ Por fim amamos o desejo, e não o desejado.” – Nietzsche

faz todo o sentido, certo?

então sejamos sinceros, a título de experimento mergulhemos nesse delírio, na ficção desse desejo. se aparecer algo real não fictício – mas de natureza delirante fictícia, logo real – qual a natureza desse algo afinal?

“o nosso amor a gente inventa” – cazuza

(su)pe(i)[r]realidade)

paradoxos não são sexy, baby?

“Nunca amamos alguém. Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém.
É um conceito nosso – em suma, é a nós mesmos – que amamos.
Isto é verdade em toda a escala do amor. No amor sexual buscamos um prazer nosso dado por intermédio de um corpo estranho. No amor diferente do sexual, buscamos um prazer nosso dado por intermédio de uma ideia nossa. O onanista é abjecto, mas, em exacta verdade, o onanista é a perfeita expressão lógica do amoroso. É o único que não disfarça nem se engana.
As relações entre uma alma e outra, através de coisas tão incertas e divergentes como as palavras comuns e os gestos que se empreendem, são matéria de estranha complexidade. No próprio acto em que nos conhecemos, nos desconhecemos. Dizem os dois “amo-te” ou pensam-no e sentem-no por troca, e cada um quer dizer uma ideia diferente, uma vida diferente, até, porventura, uma cor ou um aroma diferente, na soma abstracta de impressões que constitui a actividade da alma.”
[112 do Livro dos Desassossegos, Fernando Pessoa/B. Soares]

1.2 – Outras Relações

extrapolemos delirantemente esse exemplo incluindo toda e qualquer relação humana. perceba o quanto há de falso, fictício, irreal, surreal.

filosofias e religiões tentam sem sucesso estabelecer Rígidas Regras Morais Universais nessas relações, ignorando e reprimindo as minorias, o diferente, o excêntrico, o inadaptado, o esquisito, o ilegal, até mesmo o inovador (de suma importância à uma existência saudável & divertida).

o delarismo defende a multiplicidade de delírios. múltiplos paradigmas & semi-múltiplos paradigmas convivendo em um só indivíduo ou em um grupo. sendo assim ninguém, seja indivíduo ou grupo, tem o monopólio de um Delírio Salvador Universal Único.

“Felizmente nem tudo podemos apreender ou compreender através da lógica. Em todas as formas de arte, da música à dança, da literatura ao teatro, nem tudo é apenas técnica ou lógica. A emoção e o acaso também fazem parte da estrutura dessas atividades. Com a religião também não poderia ser diferente. Ela também tem seu lado lógico e racional, mas esta é apenas uma, talvez a menor, das várias facetas que possui.”
– Timóteo Pinto, pós-pensador `patafísico

 

 

::::::::::::::::::::::: “The feeling is amazing” :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Estratégia Delirante de conteúdo caótico para engajamento em redes sociais do Laboratório de Delariantismo Experimental do #thegame23:

acompanhe como (des)funciona-funcionando:

– quanto mais conteúdo da ConsPiração mais possibilidade de likes

– quando o possível agente fnord clica em like o robô do facebook apresenta para ele em sua timeline mais os conteúdos oriundos da fonte desses likes, no caso o conteúdo consPIRAtório desse grupo (entre e poste seu fnord para maior engajamento de todos os envolvidos). entre o conteúdo desse grupo estão os principais fnords vindos dos nossa rede da ConsPiração. seja também um colaborador consPIRAdor

– assim quanto mais fnords mais aumentaria a possibilidade de que aquilo que o agente está recebendo realmente lhe interessaria

<º)))<

::: ::: ::: LinKaonia ::: ::: Cura para a Sanidade ::: ::: ::: ::: :::

::: ::: ::: ::: :::  ::: ::: ::: ::: :::         <º)))<

Você gostaria de experimentar gratuitamente e sem compromisso a Híper-Surrealidade Delirante da Confraria Secreta (não por que queremos, é porque ninguém liga muito pra gente) MultiCabalense dos Shimonianos Bonobistas Muito Confusos?

Você poderia perguntar: “Por que eu faria isso?”

eu responderia: “Boa pergunta!”

e perguntaria: “Por que não?”

Mergulhe em nossa Confusão, Peixe!

Você é um pouco mais consciente do que os outros?

Você odeia descobrir que algo que você gosta foi parar na tv?

Você não liga tanto se as suas meias combinam?

Você faz piadas inapropriadas frequentemente?

Você é um rádio fora de sintonia?

Um quadro abstrato? Uma música atonal? Um vídeo fora de foco? Uma metáfora muito ruim?

Se você respondeu sim ou não, então você pode ser um
DISCORDIANO MUITO CONFUSO EM POTENCIAL

E deveria ter sua glândula pineal examinada por um charlatão te cobrando uma taxa exorbitante.

O discordianismo latente é a causa número um de muitas condições comumente mal diagnosticadas.

Não deixe passar mais um dia sem saber se você, assim como possivelmente muitas outras pessoas no sistema solar, é afetado por esta terrível desordem!

Nós podemos te endireitar! Nosso método de três passos para a iluminação foi imaginado para trazer à tona resultados palpáveis em uma quantidade de tempo cosmicamente insignificante!
:::

Visite-nos nessas diferentes portas de entrada (uma para cada ponto de vista):
:::
LinKaonia
http://fnord.forumeiros.com/t254-linkaonia
:::
MultiCabala Discordiana Subgeniana Bela-Parrachiana Hihicronediana DeLariantiana SacoPlásticoana dos Shimonianos Metamorfoseanos Ambulantes Muito Confusos
https://discordiabrasilis.wordpress.com/
:::

Partido Interestelar Parrachiano (A)Narco-zenDiscordiano
https://partidointerestelar.wordpress.com/
:::
Seja Timóteo Pinto você também
http://timoteopinto.wordpress.com/
:::
S.H.I.M.O. Freakroned Funk – Bulldada, BunDada e Bonobismo Loucurista Shimoniano
http://freakronedfunk.tumblr.com/
:::

Antídoto para a Discordianice Oculta

Os Discordianos Ocultos estão em todos os lugares, espalhando negatividade em suas raras aparições. Aqui a presença de conteúdos dos Discordianos Frutíferos amenizam o cheiro de repolho quando há a presença deles.

:::

Arquivos da Discórdia Frutífera da MultiCabala F.O.D.A-S.E. | Folclórica Ordem dos Dadaístas Autônomos – A Seita Engraçadista de Discordian Memes By Santos Jo, Dark Night entre outr@s Papas e Papisas da KSTXI:
.
– Escritos Sagrados da Discórdia Meta Híper-Surrealista Multi-Confusa
https://discordiabrasilis.wordpress.com/
.
– Biblioteca `Patafísica do Discordianismo Pluri-Universal
http://fnord.forumeiros.com/t451-biblioteca-da-multicabala
.

:::

Grupos no Facebook:

– Laboratório de Delariantismo Experimental do #thegame23
https://www.facebook.com/groups/LinKaonia/

– Partido Interestelar Parrachiano (A)Narco-zenDiscordiano – MultiCabala Discordiana Subgeniana Bela-Parrachiana Hihicronediana DeLariantiana Saco-Plásticoana Bonoboniana dos Shimonianos Metamorfoseanos Ambulantes Muito Confusos – Multi-Universal Igreja Erisiana do 23ª Dia dos Illuminati Bávaros da POEE – Faculdade Parrachiana Psiconáutica Meu Pai Von Darsê Dançando Noise-Dub-Funk com Timóteo Pinto nas carrapetas no Centro de BunDada da KSTXI
https://www.facebook.com/groups/slackroned/

– Delírio Coletivo
https://www.facebook.com/groups/deliriocoletivo/

:::

Filie-se ao P.I.P.A. – Partido Interestelar Parrachiano (A)Narco-zenDiscordiano

e junte-se a nós na luta por uma Meta-Realidade Multi-Dimensional Pluri-Universal

– Página no Facebook
https://www.facebook.com/partidointerestelar

– Site Oficial
http://partidointerestelar.wordpress.com/

:::

Mergulhe na Confusão, Peixe!

:::

Bulldada faz os fnords crescerem, e isso é Tudismocroned

::: ::: ::: ::: ::: <º)))<

-> LinKaonia MultiCabalense <-
– mais uma produção Operação Mindfuck – Brasil

:::
Fnord News:
http://timoteopinto.wordpress.com/
..

.
<º)))<
.

“Sem promoção, algo terrível acontece … nada!” – P. T. Barnum
.
:::

.
>(((º>

.
– Seja bem vindo ao Clube dos Corações Solitários do Sargento Pimenta

Seja também Timóteo Pinto e/ou Sarah Gulik e/ou Lucretia Dalencourt e/ou Tae Ateh nos blogs da Rede Tudismocroned de Comunicação `Patafísica. Mande um email para minimalista(arroba)gmail.com com o assunto “Também quero ConsPirar na Rede Tudismocroned”

.
:::
– Seja bem vindo a BunDadaland. Estamos precisando de Papas. Você foi escolhido o Papa do Dia. Esperamos um sermão seu.
.
Mande sua Poesia , seus Contos, seu Romance, seu Parabullum Discordia, seu Fnord e outra bulldada que você imaginar para o Cogito Fnord
.
:::
– Seja bem vindo à MultiCabala dos Delariantes Muito Confusos. Participe da Confusão. Aproveite para dar uma boa primeira impressão e nos confunda agora mesmo!
.
Seja um agente da KSTXI
.
:::
– Seja bem vindo à Igreja Delariantista do 23º Dia, irmão! Fique à vontade e não se esqueça de espalhar a despalavra para seus amigos & parentes. Que Sheogorath esteja convosco!
.
Filie-se ao P.I.P.A. (Partido Interestelar Parrachiano A(Narco)Zen-Discordiano)

:::
– Seja bem vindo ao Laboratório de Delariantismo Hiper-Bundadaísta Experimental. Colabore com a comunidade científica `patafísica, divulgue suas maravilhosas experiências com exceções.
.
Faça sua própria edição do E-zine Discórdia Brasilis
.
:::
.
Fórum OMBR23 – Divulgações de Blogs, Cabalas, Projetos, Traduções, Etc:
.
http://fnord.forumeiros.com/f11-operacao-mindfuck

.

#thegame23 – the game that you make your own rules

.

 

Continua aqui

 

:::

Anúncios